Mensagens

Ainda vamos sentir saudades de não ter horas para acordar...

Há muito que queria escrever sobre como me tenho sentido desde que este pesadelo começou… tendo a consciência de que para muitos vai ser ignorado exatamente da mesma forma como ignoram toda a informação que vos é transmitida. Comecemos do princípio, quando as primeiras noticias do Corona Vírus começaram a surgir confesso aqui perante vocês que fui das pessoas mais céticas relativamente a tudo isto, nunca fui em alarmismos e para mim isto era apenas o início de um negócio que não nos iria beneficiar a nenhum de nós bem pelo contrário…segui com a minha vida normalmente, continuei a trabalhar sabendo que a minha profissão atual estava num dos grupos de maior risco ainda assim e tentando ficar indiferente às noticias que surgiam continuei o meu dia a dia… até chegar o dia em que Portugal estava na boca do mundo sem saber o que dizer e como atuar. Relembro que no primeiro dia em que foi decretada Pandemia os portugueses invadiram a Praia de Carcavelos como se nada tivesse acontecido queb…

A última dança...

A miuda do saco aos olhos da Júlia Pinheiro

Uma doença que nos esgota a energia!

Mulher não de hoje mas de todos os dias

A Míuda do Saco na Imprensa - Ostomias na boca do mundo!

1 ano de blogue e mais de 55mil olhos em cima dele

A Cristina Ferreira recebeu a Miúda do Saco na sua casa!

Chega de inventar CURAS Milagrosas para as Doenças Inflamatórias Intestinais

Hoje é dia Internacional do Obrigado! E tu? A quem deves um obrigado?